COP24: “Uma mudança de mentalidade é necessária” disse o Cardeal Parolin

A resposta às mudanças climáticas é um “desafio da civilização”, disse Segunda-feira (3.12), em Katowice, Polónia, o Cardeal Pietro Parolin, Secretário de Estado da Santa Sé, durante a sessão do COP24, indicou a missão da Santa Sé junto das Nações Unidas.

De acordo com os últimos relatórios do GIEC, lembrou o Cardeal italiano, os atuais compromissos estatais não são suficientes para conter as mudanças climáticas dentro dos limites definidos pelo acordo de Paris de 2015. A COP24 deve, portanto, elaborar um documento sólido para medidas justas e eficazes. Mas, perguntou o alto prelado, “há vontade política suficiente” para isso?

Há uma necessidade urgente de ação rápida que precisa passar por uma mudança de mentalidade. É um desafio da civilização que é sempre mais moral que técnico, considerou o Cardeal Parolin. Notavelmente, porque é uma grande responsabilidade para com as gerações futuras, que não pode ser abandonada em face desta emergência.

Para o número 2 do Vaticano, a COP24 será um sucesso se o espírito colaborativo e proativo da COP21 em Paris no ano 2015 ainda estiver presente. Mas fracassará se a indiferença, a resignação e a negação prevalecerem ou a crença de que a solução está numa resposta tecnológica.
A COP24 – nome dado à 24ª Conferência Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima – é convocada de 3 a 14 de dezembro na Polónia. O objectivo é reduzir as emissões de poluentes para limitar o aquecimento global a 2 graus Celsius até o final do século.                                                             I.Media/Cath.Ch

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *