IEBA: Transladação dos restos do Diácono Avelino já em Kimalomba

A transladação dos restos mortais do Diácono Avelino Salomão Tomás, da Igreja Evangélica Baptista em Angola (IEBA), de Luanda para a sua terra natal em Kimalomba, Comuna de Kibokolo, Município de Maquela do Zombo (Uige), foi efectivada correspondendo assim ao seu próprio desejo enquanto em vida e da família.

De acordo com o programa, a exumação dos restos mortais teve lugar Quinta-feira (13.12) no cemitério da Santa Ana em Luanda a que seguiu o velório na sua antiga residência, no bairro Mártires de Kifangondo.

Familiares, amigos, diáconos, fiéis baptistas e o conceituado Coro Central Evangélico de Luanda (COCEVAL) constituiram a caravana que deslocou a Kibokolo para depositar definitivamente os restos daquele servo do Senhor que deixou marcas indelével na vida da sua Igreja.

Os seus confrades apelidavam de “Papa Avelino” enquanto outros ”Breves informações”, foi um paladino acérrimo do Evangelho de Cristo, cujos sermões, pontilhados de ilustrações e argumentos convincentes, eram autênticos incentivos e esperança no fortalecimento da vida espiritual.

De acordo com Francisco Tunga Alberto, Presidente do COCEVAL, a transladação em si é um acto humanitário em detrimento dos que pensam simplesmente ser acto mundano.

Na ocasião, o Revº Agostinho Bênção Kadiazoko, pároco da IEBA no Golf II ao orientar a cerimónia disse “apesar dos ossos serem sequíssimos mas a Bíblia demostra que esses podem retomar o estado da vida ao exemplo da vala dos ossos secos em Ezequiel”.

Para ele, é também uma demostração que os corpos mesmo mortos serão ressuscitados tendo em conta a grande lição do nosso Senhor Jesus Cristo, como ensina o Apóstolo Paulo quando aborda este mistério da fé.

Antes de seguir para o cemitério local, o COCEVAL apresentou um mini-concerto musical no campo desportivo adjacente a Paróquia de Kimalomba, de onde pode visualizar-se as residências dos avós Sady e Tomás, nossos pais na fé que outrora trabalharam com os missionários ingleses na antiga Missão de Kibokolo.

Em nome da família, um dos netos leu a mensagem na qual destaca a vida e obra daquele servo a que foi complementada com o testemunho da diaconisa Lukuikilu Helena da Paróquia dos Combatentes e do soba local.

Entre outras personalidades, assistiram o acto num ambiente religioso de bastante reflexão, o Administrador de Maquela do Zombo e o Governador Provincial do Uige, Dr Mpinda Simão.

Recorda-se Papa Avelino como era carinhosamente tratado morreu a 5 de Dezembro de 2008 em Windhoek, Namíbia, vítima de doença e era Presidente do comité de apoio (membros de honra) do COCEVAL a que acompanhou em viagens evangelísticas na Dinamarca, Suiça, Brasil e França.

Concomitantemente, entre outras, chegou de exercer as funções de Diácono e Presidente da Comissão de Construção da Paróquia dos Combatentes e com maior influencia no Secretariado Geral da IEBA assim como Presidente de Gidões Internacionais-Angola, uma associação evangélica cristã, sem fins lucrativos, formada por homens de negócio, dedicada na distribuição de Bíblias nos hotéis, motéis, escolas, hospitais, repartições públicas civis e militares, escritórios de advocacia e consultórios médicos, aeronaves e navios.

Papa Avelino Salomão Tomás, foi igualmente assinante e leitor assíduo do “Flash de Notícias” do CICA.

Que Deus o tenha na sua Santa Glória!

Coro Central Evangélico de Luanda, COCEVAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *