Huambo: Convenção Baptista ordena Iº Pastor com deficiência auditiva no país

Aos 30 anos de idade, o jovem Francisco Cassinda Epamba, da Convenção Baptista de Angola (CBA), é, desde domingo (16.12), o primeiro pastor evangélico com deficiência auditiva no país.

A ordenação do mesmo, fruto da conclusão do curso superior de Teologia, no seminário da CBA, aconteceu no templo da Igreja Baptista do Calvário, no bairro São José, arredores da cidade do Huambo, onde o mesmo é membro há uma década.

Finalista do curso de ensino de Língua Portuguesa no Instituto Superior de Ciências de Educação do Huambo, o novo pastor vai liderar o ministério de surdos e mudos da Convenção Baptista de Angola, a única denominação religiosa no país que assiste espiritualmente pessoas mudas e surdas.

Em declarações hoje, segunda-feira, à Angop, o Secretário local da Convenção Baptista, Pastor Martinho Sequesseque, explicou que a ordenação de Francisco Epamba, além de uma necessidade dentro da própria denominação, reforça o aspecto inclusivo do Evangelho.

Informou que há quase 15 anos a Convenção Baptista de Angola deu início, na província do Huambo, com apoio da Junta de Missões Mundiais da Convenção Baptista Brasileira e a direcção local da Educação, a um projecto que visa atender, especificamente, os surdos e mudos, muitos dos quais discriminados pela própria família.

Francisco Cassinda Epamba é resultado deste projecto, que oferece cursos básicos de pastelaria, bordado, sapataria e confecção de tranças, assim como prestação de assistência social e espiritual à comunidade.

Actualmente, segundo o Secretário Executivo local da Convenção Baptista de Angola, cada uma das Igrejas da denominação possui, em média, seis membros com deficiência auditiva e de fala, que antes não frequentavam nenhuma denominação religiosa, por falta de intérpretes em linguagem gestual.

Francisco Cassinda Epamba é o único ordenado pastor entre os quatro surdos e mudos que, domingo, concluíram, na cidade do Huambo, o bacharel em Teologia, pela Convenção Baptista de Angola. Os outros são José Kapingãla Bilo Armando (30 anos), Bruno Ricardo Rodrigues (26) e Gabriel Chitunda Alberto (27 anos).

Na mesma cerimónia de formatura, em que o Seminário Teológico da CBA, apresentou 16 finalistas, foi ordenado a pastor o jovem Gervásio Kahango, da Igreja Baptista da Bereia, no bairro São Pedro.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *