Restos mortais do co-fundador do COCEVAL repousam no cemitério do Benfica

Os restos mortais do irmão Pembele Sady Daniel, co-fundador do Coro Central Evangélico de Luanda (COCEVAL) adstrito a Igreja Evangélica Baptista em Angola (IEBA) e ex-Secretário Geral da União Bíblica em Angola (UBA), foram na manhã de Segunda-feira, 4 de Fevereiro a enterrar no cemitério do Benfica, em Luanda.

Antes do cortejo fúnebre do mano e “frère (irmão) Pembele” para os íntimos seguir para o cemitério, a urna permaneceu várias horas na residência da sua cunhada no Município de Kilamba-Kiaxi de onde se realizou o velório, tendo colegas diáconos, cristãos de várias denominações, pastores e membros da sociedade civil, renderam homenagem ao apresentar condolências, exprimindo os sentimentos de tristeza a família e ao COCEVAL.

Na ocasião, o Revº Miguel Taladio, pastor adjunto da Paróquia dos Combatentes, celebrou um culto de agradecimento a Deus com corpo presente ao partilhar a palavra de consolação e de esperança sobre a ressureição e a vida eterna.

De igual modo, o pastor baptista ao presidir o acto fúnebre começou por dizer: “Quem pode tornar o que é impuro? Ninguém! A vida do homem tem prazo determinado” sublinhou rogando a Deus de toda misericórdia que cura as feridas dos aflitos para estar com todos aqueles que choram e procuram o Seu amor.

Visivelmente abalados, coristas do conceituado grupo evangélico acompanhados por homólogos de outras paróquias, prestaram o ultimo adeus ao irmão Pembele.

Em nome do COCEVAL, o Irmão Makumbi Lutonadio Artur, destacou na biografia do diácono Pembela Sady a nobre missão exercida enquanto em vida sendo co-fundador do grupo coral (dois anos após a independência de Angola, em 1975), na União Bíblica, nas Organizações Não Governamentais e na pátria angolana em geral.

O CICA por sua vez, representado pelo responsável da comunicação, Daniel Ntango, transmitiu a mensagem de condolência da Secretária Geral, Revª Deolinda Dorcas Teca, em missão de serviço na altura, destacando a determinação do malogrado durante a sua vida. “Reconhecemos a perda irreparável que o COCEVAL e o ecumenismo sofre com a morte de um talentoso irmão na fé”, referiu.

Natural de Kimalomba, comuna de Kibokolo (Maquela do Zombo) na Província do Uige, Pembele Sady Daniel que contava 64 anos de idade, morreu vítima de prolongada doença.

A Redacção do Flash de Notícias do CICA continua a registrar mensagens de condolências provenientes de várias partes do mundo, tendo a destacar dos irmãos e irmãs residentes na Suécia, Estados Unidos da América, França, Canada, Quénia, entre outros países, exprimindo sentimentos de pesar a viúva Dona Margarida Sianda, a família e ao COCEVAL. “Que o Senhor conceda consolo necessário neste momento difícil”, refere uma mensagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *