Prémio Mídia 2019 entregue a jovens jornalistas  

A Associação Suíça de Jornalistas Católicos (ASJC) outorgou recentemente na cidade de Berna o Prémio Mídia. O prémio que tem como objetivo incentivar o trabalho de jovens jornalistas com menos de 35 anos de idade foi concedido este ano a Laura Lose, do jornal Vaudense “La Côte” e a Benjamin von Wyl, jornalista freelancer da Basileia.

Com este acto a Associação pretende defender um jornalismo de qualidade capaz de olhar além das aparências imediatas. Equivalente a 1.000 francos suiços, o prêmio Média homenageia dois jovens profissionais este ano, uma da suiça de expressão francesa e outro da língua alemã.

Jornalista desde 2018, Laura Lose é recompensada pela sua reportage intitulada: Eles vestem de preto todos os domingos. O texto premiado apresenta quatro jovens pastores da Igreja Reformada Evangélica do Cantão de Vaud (EERV), duas mulheres e dois homens. O jornalista conheceu e entrevistou sobre seu passado, sua fé, suas motivações e seu ministério.

Esta reportage respinga de alegria a imagem da Igreja. O tratamento do assunto, encadeando depoimentos, explicações e análises, também chamou a atenção do júri. A narrativa, dinâmica, bem construída e bem escrita, capta sem dúvidas a atenção do leitor.

Benjamin von Wyl, da Basiléia, é recompensado por uma reportagem sobre o futuro em três rodas publicado num jornal da cidade de Zurique. Ele conta, com razão, a história de uma família de ciganos da Albânia. Não obtendo a permissão que autoriza estadia na Suíça, foi mandada de volta para a Sérvia. Seus membros sobrevivem em condições precárias, coletando lixo numa bicicleta de três rodas. Benjamin von Wyl mostra uma realidade diária que a sociedade prefere ignorar, a de refugiados e requerentes de asilo.

Cath.ch

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *