Revº Silva Nicolau chamado à eternidade

Foi a enterrar na manhã de Terça-feira, 9 de Abril, no cemitério do Benfica, em Luanda, o Rev Silva Nicolau, Pastor aposentado da Igreja Evangélica Congregacional em Angola (IECA) e antigo Assistente do Secretário Geral do Conselho Angolano de Igrejas Evangélicas (CAIE), actual CICA.

Falecido Sábado, 6 de Abril, vítima de doença, numa unidade hospitalar da capital do país, o Pastor Nicolau deixa saudades aos que o viram trabalhar com dedicação e fé ao longo dos 40 anos de implantação da sua Igreja em Luanda bem como no ecumenismo angolano ao lado das Igrejas que constituem o CICA e não só.

Considerado como “pastor ecuménico” tendo em conta a sua passagem no Conselho, o Reverendo Silva Nicolau teve uma homenagem merecida, a avaliar pela multidão presente no culto fúnebre decorrido no Pastorado de São João, na comuna de Kicolo bem como no cemitério.

Esta avaliação segundo a fonte do Flash de Notícias, foi marcada com a presença de várias centenas de pessoas no funeral, com destaque para os membros do colégio pastoral da IECA, diáconos e diaconisas, grupos corais, cristãos, pastores de algumas Igrejas e do antigo Secretário Geral do CAIE, Revº Dr Daniel Ntoni-a-Nzinga.

As pessoas ao render a ultima homenagem destacavam a figura do malogrado pastor como carismático devido os feitos por si protagonizados durante a sua vida.

As mensagens apresentadas na ocasião, sublinharam o carácter de um homem da fé e batalhador, procurando sempre o bem-estar da sua Igreja bem como do Conselho por onde passou como funcionário.

O elógio fúnebre dirigido pelo Secretário Geral da IECA, Revº André Cangovi Eurico, foi o ponto mais marcante da cerimónia quando os restos mortais desciam da sepultura, onde repousam.

O CICA por onde passou como membro do staff sente saudades com a sua partida prematura cujas obras nunca vão se apagar nos registos da instituição.

Neste momento de dor, o Flash de Notícias recorda com nostalgia o carinho que sempre recebeu do malogrado Pastor, de um pai insubstituível e quando o perdemos há um pedaço do nosso coração que fica vazio para sempre. Recordamos da importância que sempre reservava ao serviço de comunicação do Conselho, convidando-nos para reportar sobre a gigante obra da construção do templo de São João, na comuna do Kikolo que envolveria gabinetes, internato, casa de passagem e escola da Igreja.

Reverendo Silva Nicolau, que o Omnipotente na sua Sábia Providência o receba para o descanso eterno.

Igreja reconhece feitos do Rev. Nicolau
Visivelmente cansado, mas sempre alegre
O pastor Ecuménico

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *