Baptista Livre: Revª Deolinda encoraja fiéis e reza a favor dos dizimistas  

A Secretária Geral do Conselho de Igrejas Cristãs em Angola, Revª Deolinda Dorcas Teca, efectuou na manhã de Domingo, 19 de Maio, uma visita de surpresa à Igreja Baptista Livre em Angola (IBLA), com intuito de cultuar simplesmente nesta congregação cristã, por sinal, membro da grande família ecuménica angolana, CICA.

“Nós não avisamos com antecedência porque achamos que é a nossa casa e a qualquer momento podemos nos juntar com os demais irmãos na fé para adorar o nosso Senhor”, sublinhou na altura em que era apresentada pelo Revº Miguel Kiampuku, Representante Legal e Secretário Geral da IBLA.

A líder ecuménica não hesitou de apelar aos baptistas da Paróquia sede da Nova Missão, a pegar a sério as escrituras estampadas em Neemia 6:6 tendo deixado mensagem da necessidade de reconstruir o muro de Jerusalém.

“Dê prioridade a Deus porque Ele faz de ti, também uma prioridade”, realçou com propriedade a Revª Dorcas que posteriormente implorou bênçãos do Senhor aos dizimistas daquela paróquia assim como outros que apresentaram votos de abraçar doravante esta recomendação bíblica.

No sermão bíblico extraido de Malaquias 3:7-8 e Levítico 27:30-34, o líder da IBLA interpretou numa pregação síntese, este texto, muitas vezes ensinado em seminários entre outros forum religioso não menos importante.

Para o pastor baptista, o dízimo não é oferta bem como oferecer algo ao Senhor não significa dízimo. “A oferta é aquilo que você pensa e pretende dar a Deus enquanto o dízimo é acção de entregar a décima parte daquilo que conseguiu trabalhar”, sublinha.

De acordo com o pregador, a oferta é a decisão pessoal pela bênção ou não que um indivíduo recebe o que leva a fazer esta acção de agradecimento enquanto o dízimo é uma obrigação e faz parte da lei do Senhor.

O culto de acção de graças e de louvor a Deus foi maravilhoso por ter obedecido os critérios litúrgicos internacionalmente reconhecidos pelas Igrejas cristãs acompanhado por canto coral dos grupos Glória a Deus (mulheres), Bela Esperança (jovens), A Voz Espiritual (Escola Dominical) ao som instrumental da banda local.

Nota negativa à uma denominação apelida “Liloba” implantada recentemente a menos de 200 m da outra que há décadas existe no local. Esta, apoiada a um som ensurdecedor, incomodava os baptistas acompanhar sua liturgia normal, deixando os menos atentos seguir os dois actos em simultâneo. Um caso para as autoridades instituidas resolver.

O positivo vai a direcção da Paróquia Nova Missão e os fiéis da IBLA que dia após dia continuam a trabalhar no melhoramento das condições do gigantesco templo sede bem como do recinto da mesma Igreja.

Revº Miguel Kiampuku, Secretário Geral da IBLA
Alguns dizimistas
Momento ofertório
Coro de mulheres, Glória a Deus

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *