Porto-Amboim: MEPA diz adeus ao seu membro  

Os restos mortais da irmã Celeste Manuel Caetano, falecida na cidade do Porto-Amboim, Província do Kuanza Sul, vítima de doença, foram sábado (18.05) a enterrar, no Cemitério Municipal daquela parcela do litoral do nosso país.

De 51 anos de idade, a irmã Celeste como era carinhosamente tratada no seio da Missão Evangélica Pentecostal em Angola (MEPA) foi a enterrar num acto fúnebre presidido pelo Revº Tavares Carlos, Pastor da Igreja Central do bairro “4 de Fevereiro”.

De acordo com a fonte do Flash de Notícias, enquanto em vida, a malograda baptizada na tenra idade na MEPA, denominação pela qual militou até a data da morte, fez parte do movimento juvenil e mais tarde corista.

Sendo jovem, Celeste Caetano fez igualmente parte da equipa do protocolo que nas actividades ecuménicas realizadas pelo CICA no Porto-Amboim, ajudou de que maneira na solução de muitos assuntos.

Acompanharam o cortejo fúnebre onde a MEPA despediu-se do seu membro, familiares, amigos, colegas e pastores provenientes de várias áreas do nosso território cuja Igreja encontra-se implantada.

Celeste Caetano deixa uma filha orfã. Ela era terceira filha do Missionário e Fundador da MEPA, Revº Domingos Caetano, actualmente debilitado pelo seu estado físico. Revº Caetano é um dos pioneiros que esteve na base da criação em 1977 do Conselho Angolano de Igrejas Evangélicas (CAIE), actual CICA.

A Secretária Geral do CICA, Revª Deolinda Dorcas Teca, apercebendo do infortúnio, associa-se à dor que a família enlutada e a MEPA sentem, endereçando em nome das Igrejas que constituem o Conselho, mensagem de conforto e de esperança, em Cristo Jesus, nosso Salvador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *