Conselho Mundial de Igrejas capacita líderes religiosos a se relacionarem melhor com adolescentes

Líderes religiosos aprenderam, a se comunicar melhor com adolescentes sobre sexualidade e outras questões que os jovens enfrentam, usando materiais desenvolvidos pelo Programa de Advocacia da Iniciativa Ecuménica da luta contra o HIV e Igrejas do Conselho Mundial de Igrejas (EHAIA).

O treinamento regional da África Austral realizado em Joanesburgo, Africa do Sul de 25-27 de junho, contou com a participação de líderes religiosos de diversas comunidades de fé na região, com uma presença significativa de mulheres líderes religiosas. Estes incluíram cristãos de várias denominações, muçulmanos e da fé Baha’i.

“Agradecemos a oportunidade de pré-testar e refinar os recursos que utilizaremos no nosso ministério”, disse o Revº Zwanini Shabalala, Secretário Geral do Conselho de Igrejas da Suazilândia.

Facilitadores e organizadores também foram selecionados de diferentes organizações incluindo da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO); Save the Children; Fundo das Nações Unidas para População (UNFPA) e o WCC.

“Vamos regressar aos nossos países equipados com novas abordagens fornecendo aos adolescentes e jovens da região, conhecimentos e habilidades que salvam vidas, incluindo aqueles que estão nas profundezas das áreas rurais”, disse Pauline Maketa, da África do Sul.

Os participantes reconheceram o valor do “Manual dos Líderes Religiosos sobre Saúde Sexual e Reprodutiva de Adolescentes” através da Rede Internacional de Líderes Religiosos Vivendo com ou Afectados pelo HIV e AIDS, bem como o rascunho do Kit de Ferramentas para líderes religiosos que estava sendo testado durante o treinamento. Eles indicaram que esses recursos estavam aprimorando seus conhecimentos e habilidades ao se envolver com adolescentes e jovens em suas comunidades.

Os temas abordados no workshop incluíram Sexualidade do Adolescente, Drogas e Abuso de Substâncias, Gestão da Saúde Menstrual, Violência Baseada no Gênero Sexual e Aconselhamento. O treinamento utilizou com líderes religiosos abordagens participativas, encenando cenas improvisadas para dar vida aos seus encontros com adolescentes e jovens.

“Não queremos apenas conversar, mas queremos voltar e transformar nossas comunidades de maneira radical”, disse o Bispo David Masuka, da Zâmbia.

Pauline Wanjiru Njiru/WCC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *