Botswana: Ensino bíblico substituído por educação religiosa

O currículo para ensinar a Bíblia na escola foi substituído pela educação religiosa em Botswana, um pequeno país vizinho da África do Sul que conta com 2,3 milhões de habitantes, dos quais 70% são cristãos.

A decisão do governo foi tomada após intensas consultas entre o Estado, a sociedade civil e organizações baseadas na fé para melhorar a tolerância religiosa na sociedade. Foi também explicado pela “necessidade de levar em consideração todos os membros da sociedade, não apenas os da fé cristã” na educação, disse Botlogile Tshireletso, Vice-ministro de Assuntos Locais (Interior) e Desenvolvimento Rural.

Citado pelo diário governamental “Botswana Daily News”, o Vice-ministro elogiou a contribuição do ensino bíblico na escola para a construção de uma sociedade “moral e ética”. No entanto, deplorou a proliferação de crenças e delinquência satânicas, acreditando que esses desafios são em parte causados ​​pelo reduzido papel da família, pelo aumento do uso de drogas e substâncias na sociedade, especialmente entre os adolescentes.

Botswana é um país secular. O governo reconhece o pluralismo religioso e incentiva o diálogo e a cooperação inter-religioso.

Ibrahima Cisse, Cath.ch 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *