Cristãos são o grupo religioso mais perseguido no mundo

80% dos ataques religiosos no mundo são dirigidos contra os cristãos. Esta é a principal conclusão de um relatório sobre a perseguição aos cristãos publicado pelo Departamento de Relações Exteriores do Reino Unido.

Mandado em Dezembro passado pelo Ministro das Relações Exteriores britânico para conduzir uma pesquisa sobre o estado da perseguição no mundo, Philip Mountstephen, Bispo anglicano de Truro, revelou no seu relatório final no início de Julho, indica a associação Portes Ouvertes.

O relatório, baseado em dados da Organização das Nações Unidas (ONU), apoia-se em documentos e estatísticas de várias Organizações Não Governamentais. Ele estima que uma proporção crescente da população mundial está sofrendo de perseguição religiosa de uma forma ou de outra. Os cristãos são o grupo mais perseguido, absorvendo 80% de todos os ataques religiosos.

Por seu turno, o Ministro Jeremy Hunt encorajou os governos ocidentais a não fecharem os olhos para as conclusões do relatório: “A capacidade de maldade é inerente à condição humana. Nunca poderemos erradicar o sectarismo anticristão, mas tampouco devemos dar de ombros e nos mover para a outra calçada”.

Para reverter essa tendência, começando com seus próprios serviços, o governo britânico quer forçar todo o pessoal do Ministério das Relações Exteriores britânico a passar por treinamento em cultura religiosa.

O relatório também encoraja o Ministério a sancionar aqueles que não respeitam o princípio da liberdade de religião por causa de indivíduos, grupos ou Estados.

Cath.ch/com/mp

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *