Vítimas da seca: IECA doa mais de duas toneladas de bens

Mais de duas toneladas de bens diversos foram doadas no domingo (18.08), na localidade de Calengue, Município de Cambambe (Kuanza Norte), pela Igreja Evangélica Congregacional em Angola (IECA) para apoiar às vítimas da seca do Sul de Angola.

A Província do Cunene vive, desde Outubro de 2018, uma acentuada crise, com 857 mil e 443 pessoas (de um total de 171 mil 488 famílias) e um milhão de cabeças de gado afectados pela seca, que já causou a morte de 30 mil cabeças de gado, entre bovino, caprino e suíno.

A doação composta por bens diversos, com realce para água mineral, roupa usada e utensílios domésticos, foi entregue ao Administrador adjunto para o sector político e social do Município de Cambambe, Manuel António Martins, a fim de fazer chegar às populações das províncias afectadas pela seca.

O gesto é dos membros da Sociedade de Mulheres da IECA, à margem do encerramento do III acampamento da região Norte de Angola,  que compreende as províncias de Luanda, Uíge, Cuanza Norte, Cuanza Sul, Bengo e Malanje, realizado de 14 a 18 do corrente mês.

Para atender às necessidades da população o efeito, o Executivo disponibilizou 3.9 mil milhões de Kwanzas para a aquisição de bens diversos.

Angop

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *