Comité Central de 2020: Conselho Mundial de Igrejas convida jovens à mordomia

O Conselho Mundial de Igrejas (CMI) convida jovens ecuménicos a serem mordomos durante a sessão do seu Comité Central a realizar no ano 2020, na cidade de Genebra, Suíça.

O convite está aberto à jovens de diversas origens, igrejas e regiões tendo o prazo limite de inscrição dia 1 de dezembro do corrente ano.

O Programa Stewards (voluntarismo) que vai congregar de 12 a 25 de Março de 2020, visa reunir um grupo dinâmico e diversificado de 20 jovens de todo o mundo.

“Este Programa me tornou uma pessoa melhor e transformou meu entendimento sobre o movimento ecuménico”, afirmou Jin Liu, da China, actualmente a estudar no Instituto Ecuménico de Bossey, em Genebra, Suiça. “Agora estou mais preocupado com questões de justiça social.”

Isak Mikael Emanuel Sandell, da Suécia, disse que servir como mordomo o ajudou a crescer na fé e no entendimento do movimento ecumênico. “Agora tenho uma perspectiva melhor”, disse.

Renato Miranda Valenga, do Brasil, sentiu um senso de comunidade e pertencimento ao ser mordomo. “O Programa de Mordomos abriu oportunidades para eu assumir papéis maiores na nossa Igreja no Brasil” ao acrescentar, “estou servindo como representante de país para jovens na Igreja Evangélica da Confissão Luterana no Brasil.”

Os mordomos são jovens entre 18 a 30 anos de idades. O inglês é a língua oficial do programa de trabalho tendo como principais atributos: a paciência e a capacidade de trabalhar em equipe com pessoas de outros países e culturas.

 WCC News

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *