Kuanza Norte Instituto Agrário acolhe Aldeia Ecuménica

O Instituto Médio Agrário localizado em Camuaxi à 6 km da cidade de Ndalatando, Província do Kuanza Norte espera acolher de 30 de Janeiro a 2 de Fevereiro, a 5ª Edição de Aldeia Ecuménica (AE 2020), movimento que reúne jovens estudantes e não só pertencentes as Igrejas membros do CICA.

O maior evento a nível da juventude cristã no país tem como lema: “Semeando valores para uma vida em abundância”, extraído de São João 10:10.

Laurinda Santos, Secretária Executiva da Juventude do CICA, disse ao Flash de Notícias, as condições estão preparadas para a realização de mais um acampamento que é oficina de conhecimentos e de interação de jovens cristãos.

De acordo as suas palavras, o encontro aguarda receber acima de 300 jovens e se for mais, melhor ainda, para ultrapassar o número de jovens aldeões da edição passada.

Algumas instituições serão convidadas para a cerimónia de abertura e de encerramento tendo a destacar o Conselho Nacional da Juventude, Ministério da Juventude e Desportos, Líderes da juventude de Partidos políticos com Assento no Parlamento entre outras denominações religiosas.

“Este ano, a Aldeia Ecuménica tem como prelector principal, o Dr Kuabana Opuni-Frinpong, antigo Secretário Geral do Conselho de Igrejas do Gana e especialista em liderança e desenvolvimento”, sublinha a interlocutora do Flash.

Para ela, o Dr Juma Mulanda, Representante do Comité Central Menonita na República Democrática do Congo vai engrossar igualmente a lista dos prelectores ao lado de técnicos da Visão Mundial (World Vision), Fundo das Nações Unidas para População (UNFPA) e Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF).

A Secretaria Executiva da JUCICA apela os jovens a contactarem as direcções provinciais e nacionais das respectivas Igrejas para se inscrever com a jóia de participação de 5 mil kuanzas.

Com duração de quatro dias, os jovens têm em agenda vários temas a debater tendo em destaque assuntos ligados a espiritualidade, liderança, empreendedorismo, juventude e protecção da criança.

Na Aldeia Ecuménica os jovens participam ainda em visitas a locais de interesse económico, turístico e históricos da região, o que lhes permite a conhecerem melhor a realidade cultural da Província que alberga o acampamento.

Recorda-se que, a eleição da próxima AE 2021 depende de critérios da organização juvenil que leva o maior número de jovens, contribuição dentro dos prazos, comportamento exemplar, entre os principais critérios para uma província que deseja acolher o evento. Luanda não alberga AE enquanto não se realizar nas demais Províncias.

A Aldeia Ecuménica acontece sempre na última semana de Janeiro, altura em que os jovens em toda extensão do país gozam férias. A Iª edição foi realizada em 2016 na Província de Malange enquanto a segunda em 2017 no Namibe. A Terceira e a quarta foram realizados respectivamente em 2018, em Benguela e 2019 no Uíge.

Laurinda Santos, Secretária Executiva da Juventude do CICA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *