Conselho Mundial de Igrejas e Federação Luterana Mundial escrevem ao Presidente da Nigéria

Num apelo conjunto ao Presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, o Conselho Mundial de Igrejas e a Federação Luterana Mundial expressaram sua profunda tristeza pela contínua violência na Nigéria e instaram o governo nigeriano a proteger melhor o povo.

“A recente execução do pastor Lawan Andimi pelo Boko Haram é uma das atrocidades mais recentes de uma longa e dolorosa lista de actos extremistas violentos na região. Apesar da proclamada derrota dos insurgentes, esse assassinato nos leva a dirigir esse apelo ao Presidente, esclareceu a mensagem. Se o clero é alvejado, membros comuns da comunidade correm ainda mais riscos”, lamentam na missiva.

As duas organizações condenam todos os ataques e todos os assassinatos gratuitos que visam pessoas cristãos e muçulmanos com base na sua identidade religiosa.

O apelo convida o Presidente a reformar o aparato de segurança e garantir que os altos funcionários de segurança sejam representativos da diversidade de comunidades na Nigéria e que suas acções sejam eficazes para proteger todas as comunidades afectadas.

Dada a situação actual na Nigéria, é necessária uma liderança determinada para acabar com essas atrocidades, afirma o apelo orando para que Deus dê ao Presidente a sabedoria, a determinação e a força para trabalhar nesses desafios.

WCC News

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *