Suíça: Igrejas apoiam operações de Socorro no mar  

O Conselho da Igreja Evangélica Reformada da Suiça (EERS) e a Conferência dos Bispos Suíços (CES) deram seu apoio recentemente às operações de resgate no mar lideradas pelo United 4 Rescue, donde a Igreja Protestante na Alemanha (EKD) é um dos iniciadores.

Os cristãos devem ser sensíveis aos “naufrágios da história que chegam às nossas costas esgotadas” e se colocar a seu serviço, disse o Papa Francisco na audiência geral do dia 8 de janeiro de 2020, lembram os bispos suíços. Embora esta não seja a sua prática habitual, a Conferência dos Bispos Suíços contribuiu com 10.000 francos para o projecto.

“Do ponto de vista cristão, quando somos confrontados por pessoas angustiadas porque atravessam o Mediterrâneo para fugir a guerra, pobreza ou mudança climática, devemos mostrar misericórdia e amor ao próximo. », indica por sua vez o Conselho da Igreja Evangélica Reformada da Suiça que também fornecerão apoio financeiro.

Embora o resgate no mar seja tanto um dever humanitário quanto uma tarefa estatal, as missões oficiais europeias são efectivamente bloqueadas. Organizações privadas, portanto, assumiram o controlo.

Segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), entre os 90.000 refugiados que tentaram atravessar o Mediterrâneo, 1.300 morreram. “É inaceitável que os seres humanos morram diante de nossos olhos”, disse Gottfried Locher, presidente do Conselho Reformado. A aliança “United  4 Rescue”, da qual a Igreja Protestante na Alemanha (EKD) é um dos iniciadores, visa tornar possíveis as operações civis de resgate no mar.

Cath.ch/com/mp

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *