Revº Hilídio Chilanda: “As pessoas são recursos importantes para o crescimento”  

O Revº Hilídio Chilanda, Supervisor Nacional da Igreja Fé Apostólica em Angola (IFAA) reconheceu na cidade do Huambo que, as pessoas são os recursos humanos activos e mais importante que qualquer outro bem material.

Segundo o novo líder da Fé Apostólica, são relações com as pessoas que marcam a diferença, contribuindo para o crescimento e desenvolvimento da Igreja.

O pastor Chilanda falava no culto solene alusivo à passagem de pasta realizado no pavilhão gimno-desportivo do Petro Atlético do Huambo, sob o lema “Diga aos filhos de Israel que marchem” extraído do livro de Êxodo 14:15.

O novo timoneiro reconhece ainda, a Igreja que recebe das mãos do seu antecessor, Revº Alberto Segunda “é dinâmica e espiritual com forte presença de mulheres, jovens, adolescentes e crianças, sem ignorar os homens”.

Para ele, neste novo ciclo, a Bíblia, o Estatuto, os deveres funcionais e o regulamento interno servirão como a bússola de orientação para a tomada de decisões no seio da congregação cujo número de obreiros, ainda é insuficiente. “Precisamos evangelizar mais para cobrir as Missões, Pastorados e Filiais”, sublinhou.

Situação financeira é crítica

 A situação financeira é preocupante e muito fraca o que inviabiliza a materialização dos projectos em carteira ligado a expressão “crise económica” que não deve ser encarada como o fim, antes pelo contrário, uma oportunidade para repensar sobre a Igreja que “queremos ter e ser”.

Como prioridades ao longo do seu consulado, o pastor dos apóstolos aponta:  refrescamento teológico para assuntos inerentes as necessidades da Igreja; Uniformização da liturgia a nível nacional; O uso indevido dos púlpitos e microfones nos lugares sagrados; Criação de gabinetes a nível nacional e o reforço aos santuários; Parceria e troca de experiências no estrangeiro; Estudo bíblico obrigatório em todas as localidades; Seminários de capacitação aos dirigentes leigos, entre outras.

No seu primeiro discurso público, Hilidio Chilanda defende trabalhar de forma a manter a paz, tranquilidade e harmonia entre irmãos apóstolos acautelando como é obvio ao tráfico de influência que é pecado imperdoável substraindo-se dos hipócritas, bajuladores e caluniadores cujas acções afectam a boa convivência das famílias. “Optemos pela fé não fingida como uma orientação divina”, assegurou.

Redes Sociais

No quadro da sua missão de educar, esclarecer e informar correctamente as populações a entenderem o que se passa a sua volta e ajudando a interpretar os fenómenos da sociedade, o líder apostólico aconselha o informativo da Igreja “Fala IFAA” a pugnar sempre pela objectividade para o reforço da unidade dos fiéis evitando colocar assuntos que provocam desânimos, até conflitos entre as famílias, usando a deontologia profissional, ética e educação de berço acima de tudo.

“Vamos incluir na nossa agenda, os debates livres e troca de experiências com outras Igrejas membros do CICA e não só, com a participação plena dos fiéis para o alcance de melhores resultados” realçou. A laia de conclusão, o Revº Hilídio Chilanda acrescentou ainda, a Igreja não pode ser e nem deve servir para alguns como sucursal para extrair dividendos, pelo contrário usar o bom nome com dignidade e responsabilidade porque o seu dono, Jesus Cristo, derramou o sangue para salvar a humanidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *